Marinha

Marinha realiza Operação Verão 2021-2022 com ‘Navegue Seguro’

Crédito: Marinha do Brasil
Todos os anos a Marinha do Brasil (MB) promove a chamada “Operação Verão”. Por meio de Ações de Fiscalização do Tráfego Aquaviário (AFTA), tanto no litoral, quanto em águas interiores, a Marinha atua em todo o território nacional, por meio de seus nove Distritos Navais e suas 68 Capitanias, Delegacias e Agências, todos com um único objetivo em comum: conscientizar condutores e passageiros a navegar com segurança.
Na maioria dos Distritos Navais, as ações de fiscalização concentram-se nos meses de dezembro a março, período do verão em que é observado expressivo aumento do tráfego das embarcações de esporte e lazer nas águas brasileiras, devido ao período de férias e às festividades típicas desta época do ano.
Com o slogan “Navegue Seguro: a nossa melhor escolha”, a Operação Verão 2021-2022 tem sua divulgação realizada pela Diretoria de Portos e Costas – DPC – Organização Militar representante da Autoridade Marítima Brasileira para os assuntos afetos à segurança da navegação. A ideia é criar um diálogo com a sociedade civil brasileira, principalmente, com as comunidades marítima e náutica, divulgando a Operação por meio da produção de conteúdo educativo para diferentes mídias, tais como material gráfico, audiovisual, spots de rádio, dentre outros materiais publicitários desenvolvidos para a Campanha.
No ano de 2021, apesar das dificuldades trazidas pela pandemia, a “Operação Verão” 2020-2021 alcançou, em âmbito nacional, um total de mais de 50 mil abordagens e aproximadamente 4 000 notificações de infração, as quais culminaram em cerca de 600 apreensões de embarcações em vias marítimas, lacustres e fluviais.
Apesar de todos os esforços concentrados durante os meses da “Operação Verão”, a Autoridade Marítima Brasileira tem ciência de que as ações educativas e fiscalizatórias não devem se limitar a uma única época do ano. O trabalho constante de conscientização é fundamental para que a segurança da navegação e o lazer sigam juntos, no mesmo barco, tendo sempre como foco a redução das situações de acidentes causados pelo não cumprimento das normas de segurança da navegação.
Segundo levantamento da Diretoria de Portos e Costas (DPC), as infrações que mais chamam a atenção durante as ações de fiscalização são: condução de embarcação por pessoa não habilitada; documentação da embarcação incompleta ou vencida; falta de material de salvatagem (coletes, boias, extintores de incêndio, entre outros); excesso de lotação da embarcação, consumo de bebida alcoólica durante a condução, e más condições de navegabilidade das embarcações.
Pensando nisso, mesmo ciente das peculiaridades de cada um dos estados brasileiros, a campanha publicitária da “Operação Verão” deste ano tomou como base o Decálogo de Segurança da Navegação (os 10 mandamentos da Segurança da Navegação), para  que todos, uma vez conscientes de suas responsabilidades, seja como condutor ou passageiro, escolham sempre navegar com segurança:
1) Conduza sua embarcação com prudência para evitar acidentes;
2) Se beber, passe o timão para alguém habilitado;
3) Mantenha a distância dos banhistas para evitar acidentes;
4) Mantenha os extintores de incêndio dentro da validade;
5) Tenha coletes salva-vidas para todos a bordo;
6) Tenha a bordo o material de salvatagem prescrito pela Capitania;
7) Faça a manutenção correta da sua embarcação;
8) Ao sair, informe o seu plano de navegação ao iate, marina ou condomínio;
9) Respeite a vida, seja solidário, preste socorro;
10) Não polua nossos mares e rios.