Notícias

A Nova Estação Antártica Comte Ferraz (EACF)

A Antártida, também denominada no Brasil por Antártica, tem uma superfície de quatorze milhões de quilômetros quadrados, aproximadamente uma vez e meia o tamanho do Brasil, contem 70% da água doce disponível no mundo.

_92228824_mapa_jjj
Mapa criado por arquiteto japonês Hajime Narukawa busca refletir com precisão as proporções entre continentes e países. Os mapas conhecidos como projeção de Mercator, mostram a Antártida e a Groenlândia, por exemplo, de forma distorcida e desproporcional.

O artista e arquiteto japonês Hajime Narukawa, desenvolveu uma representação que busca mostrar com precisão as proporções reais entre os países e continentes. A criação foi inspirada no origami,arte milenar japonesa de dobradura de papel.

Área do Brasil: 8.511.000 km²

Área da Antártica: 14.000.000 km²

O continente Antártico rodeia o polo Sul, e por esse motivo está quase completamente coberto por enormes geleiras (glaciares), exceção feita a algumas zonas de elevado aclive nas cadeias montanhosas e à extremidade norte da península Antártica. Sua formação se deu pela separação do antigo supercontinente Gondwana há aproximadamente 100 milhões de anos e seu resfriamento aconteceu nos últimos 35 milhões de anos.

800px-Livingston-Location Ilha do Rei Jorge
Ilha do Rei George. Local da estação Brasileira.

É o continente mais frio, mais seco, com a maior média de altitude e de maior índice de ventos fortes do planeta. A temperatura mais baixa da Terra (-93,2 °C) foi registrada na Antártica, sendo a temperatura média na costa, durante o verão, de -10 °C; no interior do continente, é de -40 °C. Vários autores o consideram um grande deserto polar, pela baixa taxa de precipitação no interior do continente. A altitude média da Antártica é de aproximadamente 2000 metros. Ventanias com velocidades de aproximadamente 100 km/h são comuns e podem durar vários dias. Ventos de até 320 km/h já foram registrados na área costeira.

Em 1984, o Brasil inaugurava uma base de pesquisas científicas na Ilha do Rei George* que foi consumida por um incêndio em 2012 causando a morte de 2 militares e um prejuízo, estimado em 24 milhões de reais.

Conheça a seguir, a nova base de pesquisas científicas da Marinha do Brasil na Antártica Comte Ferraz – EACF (construída no mesmo local da antiga estação brasileira) a qual, será inaugurada no início de 2020.

Estação Comte Ferraz 1

O Brasil passará então, a contar, com uma das mais modernas instalações no continente gelado. Oito moinhos de vento capazes de absorver rajadas acima de 200 km/h, junto com 30 painéis solares, serão responsáveis por 20% da energia consumida na estação.

Cataventos projetados para resistir rajadas de até 200 km 2

A parte habitável da Estação, cujo projeto prevê 4.500 m2 de área construída, quase duas vezes maior que a anterior, é composta por três blocos, para abrigar 17 laboratórios (a pesquisa científica é a principal razão de ser da estação), biblioteca, ambulatório, área de convivência e acomodações em 32 camarotes para 64 pessoas, incluindo pesquisadores e o pessoal do GB – Grupo Base (tripulação permanente da Marinha).

Projeto

 

Os ambientes são amplos, com isolamento térmico e acústico. A segurança é prioridade na nova estação, com nove saídas de emergência e equipamentos contra incêndio. As paredes resistem a trinta minutos de fogo.

Estação Comte Ferraz 4

O projeto arquitetônico de 700 toneladas de aço, previu a implantação dos prédios levando em consideração as características geográficas e topográficas da Península Keller, assim como as necessidades de preservação das áreas de vida animal e vegetal do entorno, respeitando as diversas condições previstas pelo Zoneamento Ambiental de Uso, visando minimizar ao máximo os impactos na natureza. Foi calculado para resistir as condições adversas do continente, como abalos sísmicos, ventos de até 200 km/h e solo coberto permanentemente por 15 metros de gelo.

* Ilha do Rei George é a maior da Península Antártica,situada a 849 quilômetros ao sul do Cabo Horn, no Sul da América do Sul. A tem cerca de 95 quilômetros de comprimento e 25 quilômetros de largura, com uma área de 1250 quilômetros quadrados, sendo que 1158 km² são permanentemente cobertos por gelo e uma espessura máxima de 357 metros. Por se localizar ao norte da Península Antártica, a temperatura não é tão fria quanto no interior do continente, sendo registrada a média anual de -2,8 °C, variando entre 14°C e -28°C. As zonas costeiras da ilha são o lar de uma seleção relativamente diversificada de vida vegetal e animal, incluindo as focas Weddell e os pinguins papua e barbicha. O clima da ilha se enquadra como o clima de tundra. A temperatura média de Julho (Inverno) é -6.3°C; em Janeiro (Verão) é 1.4°C; a média anual é de -2.4°C.

Assista agora o vídeo que mostra as últimas providências para a ocupação da nova base de pesquisas do Brasil na Antártica.

Fontes:

1-https://www.defesaaereanaval.com.br/naval/fotos-da-nova-estacao-antartica-comte-ferraz-eacf

2- #GlobalMilitarInforme

3-http://www.freemapviewer.com/pt/map/Map-World_382.html

4-http://www.mapnall.com/pt/Mapa-Ant%C3%A1rtica_931014.html

5-https://www.archdaily.com.br/br/01-109759/1o-lugar-concurso-internacional-estacao-antartica-comandante-ferraz-slash-estudio-41/5175100db3fc4b9bac00011c-estacao-antartica-comandante-ferraz-international-competition-1st-place-estudio-41-image?next_project=no

6-https://www.bbc.com/portuguese/curiosidades-37864328

Sobre o autor

admin

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário